quarta-feira, 6 de novembro de 2013

PROCURA-SE


 
 
Procura-se um coração

Ele é grande, iluminado e sonhador

É alegre e sensível

Palpitante, cheio de vida,

De carinho e de amor

 

Certamente não se perdeu

Brinca de esconde-esconde

Deseja que alguém o encontre.

 

Quem sabe está disfarçado...

Numa linda flor do campo

Ou num alegre girassol?

Na simplicidade da margarida

Ou na sofisticação da rosa?

Nas asas da borboleta

Que acabou de sair do casulo,

Naquela nuvem branca  

Que mais parece algodão doce,

No sorriso de uma criança

Ou na meiguice do seu olhar?

Ou quem sabe ele se encontra

Disfarçado de luar?

Ou na explosão de desejos

No beijo apaixonado

De um casal de namorados?

 

Procura-se um coração.

Quem o encontrar será bem recompensado.

 

Zezinha Lins

 

 

 

 

 

 

Um comentário:

Poesia do Bem disse...

Está mesmo difícil encontrar corações assim, que amem sem interesse, que sejam puros e inocentes, mas ainda há alguns poucos como o seu por ai, bjs e saudades

Um certo tipo de amor

Num domingo à tarde, depois de ver um filme de romance do qual não sei o título porque comecei a ver quase no final, atrevo-me a escre...