MILAGRE

O homem humilde com sua enxada na mão

Plantando a semente, cuidando da terra,

Com seus pés raízes fincados no chão.

Trabalha, trabalha... Enxuga o suor...

Sua sina é aceita...  Sorri, assobia...

Esperando o dia da grande colheita.

Mal sabe este homem humilde e honesto

Que com o seu trabalho

O milagre da multiplicação também acontece,

E o Sol festejando vendo aquela imagem pura

Semelhança de Deus

Brilha e ilumina chamando a irmã chuva.

As mãos calejadas na cova enterra

Mais uma semente...

Semente que morrerá para então se transformar

No mais puro alimento.


Zezinha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Versos Improvisados

TUDO PASSA