RECOMEÇO



Enrijecida pelos sonhos desfeitos
Sem nunca terem sido vividos,
Encolhida num canto da casa
Fechou as portas da vida.
Vegetou por anos a fio
Enroscada olhava para dentro de si mesma,
Era tudo confuso, sem luz...
Ela insistia em acender uma vela...
Frágil vela...
O sopro de um desorientado apagava,
Insistentemente ela voltava a acendê-la.
Até que um dia...
Tudo desabou... A vela pagou...
A tempestade chegou
E tudo que era ruim
Enfim ruiu...

Era o fim.

Mas é depois do fim que existe um novo começo
É preciso insistir, querer ser feliz
Lutar... Lutar...Lutar...
E fez-se a luz,
O Sol brilha com todas as honras dentro dela
É tanta luz que sai pelos seus poros
Agora...
Sozinha... Em paz.. .Rosto iluminado, sereno
Sorriso aberto, coração florido
Fez uma simples e grande descoberta
Ainda é possível ser feliz!


Zezinha Lins

Comentários

Querida amiga

O bom de estar vivo,
é essa infinita
capacidade
de estarmos
sempre recomeçando,
e encontrando novos
sentidos
para o nosso sentido na vida...


Viver é se fazer eterno
para alguém.
Marcia disse…
Eu sempre me encanto com teus versos,ah ,mas isso você ja sabe neh?rs
Boa semana Professora!
É, minha amiga, sempre é preciso dar a volta por cima. Bonito poema. Meu abraço!
Oláa!
Muito interessante!
Visitando aqui com carinho ♥
Espero ter a alegria de te ver em meu cantinho!
Bj
Lindas poesias minha amiga, é assim que a vida da gente nos floresce e nos alivia a alma. É quando a gente lê coisas lindas e que de alguma forma nos acalentam. Parabéns ao blog! Abração!!! Rubi.
Lindas poesias minha amiga, é assim que a vida da gente nos floresce e nos alivia a alma. É quando a gente lê coisas lindas e que de alguma forma nos acalentam. Parabéns ao blog! Abração!!! Rubi.

Postagens mais visitadas deste blog

Versos Improvisados

TUDO PASSA