sexta-feira, 12 de novembro de 2010

A TROCA





A tristeza corrói por dentro

Abre uma ferida

Que dói demais...

Me recuso a tê-la

Quero expulsá-la daqui

Quero minha alegria de volta

Como minha grande e fiel companheira

Tenho fome e sede de ser feliz.

Zezinha Sousa

4 comentários:

marcia. disse...

AHHHH,,,ESSA TAL FELICIDADE ...UMA BUSCA CONSTANTE!
EU TBM QUERO RS!
BOM FIM DE SEMANA POETISA ,ESTE TBM É LINDO E PROFUNDO E FALA POR TDS NÓS.BJS!

MEUS PENSAMENTOS disse...

BOM DIA! ESTOU LEVANDO ESTE TEU MARAVILHOSO POEMA PRA COMPARTILHAR COM DEVIDO LINK LA NOS MEUS PENSAMENTO ,ARRAZOU RS 1 BJS!

Marisa Mattos disse...

É minha amiga...já lhe disse o quanto seus poemas me soam familiarmente....É isso:ser feliz é não deixar jamais a tristeza tomar conta.Boa luta,boa semana!!!

Zé Carlos disse...

Carregue a alegria nas mãos... deve estar sempre pronta para ser usada pois ela só constrói, ao contrário da tristeza que só destrói querida.

Beijão menina, ZC

Tecelã do Tempo ( Resenha )

Fonte: blog Pedagoga Literária. https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/ Livro:  Tecelã do Tempo Autora:  Zezinha Lins Editora: ...