domingo, 12 de novembro de 2017

Poema sem registro


Numa folha de papel em branco
Fiz de ti, poesia
Versos concebidos em silêncio
 Total ausência de grafia
Segredos que não ouso revelar, nem dar vida
Pois de antemão já sabia
Que no papel não caberia.
Sem registro, sem mágoa
O coração verseja.
Olhar fixo no vazio
Retiro o véu.
Imaginação solta,
Poema pronto
Escondido na branca memória
De uma folha de papel.

Zezinha Lins



Nenhum comentário:

Livro Partes do meu todo

Um pouco mais sobre sobre o livro Partes do meu todo é um livro diferente de tudo o que você já leu. Já no texto de orelha a obra ...