terça-feira, 15 de julho de 2014

POEMINHA




O coração do outro
É um espaço delicado de se tocar
É como pisar em flores
Sem querer machucar.

Zezinha Lins

2 comentários:

Poesia do Bem disse...

É um lugar especial que precisa ser tratado com carinho. Lindo poema,a mei a foto, bjs

Arnoldo Pimentel disse...

Simplesmente lindo.Parabéns.

Poema sem registro

Numa folha de papel em branco Fiz de ti, poesia Versos concebidos em silêncio  Total ausência de grafia Segredos que não ouso ...