segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MOMENTOS




Céu escuro...
Um Sol tímido aparece
Encoberto pela nuvens...
Cai a chuva...
Caem lágrimas.
Sinto a brisa,
Toca a pele e arrepia
Pensamentos voam
Sofrimento que virará  poesia
No final do dia.

Zezinha Sousa

7 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

O sol tímido acaba por deixar o céu escuro trazendo lágrimas, beijos.

Poesia do Bem disse...

Muitoooooooo lindo! Acabei de te ler na revista creche sobre páscoa adorei as dicas. vc como sempre surpreende .AH! vontade de que chamem minha Alice pra fazer novas fotinhas pra esta revista linda. vem ver que linda novidade postei

Vivian disse...

Bom dia,Zezinha!!

Lindo!!Suave e sensível...ainda bem que estes momentos viram poesia!
Beijos!!
Boa semana!!

Sonhadora disse...

Minha querida

Uma verdade neste poema, o sofrimento tranforma-se em palavras que na poesia despejamos, adorei a sensibilidade deste poema.


Beijinho com carinho
Sonhadora

Beatriz Prestes disse...

Poesia que emerge dos sentimentos mais profundos...
E destes sentimentos nasce poesia linda, repleta, intensa, linda como esta...
Adorei minha amiga, tudo de sentimento em cada verso!
Beijo carinhoso amiga tão querida
Bea

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Mandou bem, Zezinha. Sensível e inspirado texto. Um abraço e parabéns.

Arnoldo Pimentel disse...

Tem selos de presente pra você no meu blog,beijos.

http://ventosnaprimavera.blogspot.com

Um certo tipo de amor

Num domingo à tarde, depois de ver um filme de romance do qual não sei o título porque comecei a ver quase no final, atrevo-me a escre...