sábado, 8 de maio de 2010

POEMA


“Fizeste ninho em meus braços.
E eu fiquei sem saber, por momentos,
se devia te amar
ou te embalar...”


J.G. DE ARAÚJO JORGE

Nenhum comentário:

Um certo tipo de amor

Num domingo à tarde, depois de ver um filme de romance do qual não sei o título porque comecei a ver quase no final, atrevo-me a escre...