domingo, 15 de dezembro de 2013

EU


Há algum tempo
Fiz as pazes comigo.
Cerco-me de atenções e cuidados,
Afasto tudo o que
Nada a mim acrescenta:
Coisas, pessoas e sentimentos.
Esvazio-me das coisas velhas
E preencho-me de coisas novas.
Olho pra dentro de mim...
E gosto do que vejo.

Zezinha Lins


3 comentários:

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Uma lição de autoestima e de autoconhecimento este seu poema. Desejo a você, Zezinha, um Natal pra lá de feliz e um 2014 cheio de coisas boas. Um beijo.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Meu desejo para os que habitam
o meu coração,
é um mergulho no tempo,
onde cada dia,
é um dia de ano novo,
e cada sonho,
uma senha a ser descoberta,
nesta caminhada rumo a alegria.

Muito obrigado por sua amizade.
Que sejamos e façamos felizes a cada dia.

ALUÍSIO CAVALCANTE JR.

Simone Becker disse...

Minha amiga tão lindos são os teus poemas., estás de parabéns... poetisa linda, maravilhosa e inteligentíssima!

Poema sem registro

Numa folha de papel em branco Fiz de ti, poesia Versos concebidos em silêncio  Total ausência de grafia Segredos que não ouso ...