segunda-feira, 5 de abril de 2010

AFINIDADE

Afinidade...
O mais sutil e delicado dos sentimentos.
Une duas pessoas
De forma irremediável.

Não é um encontro de corpos,

É um encontro de almas.

São duas essências que se misturam

E numa reação fantástica!
Se tranformam em uma só...

Inebriante...


O mais perfeito aroma

Entre todos os perfumes.


Maria José Oliveira de Sousa


5 comentários:

Pérola disse...

Oi minha linda.
Pois é, sou eu sim,achei q tivesse desconfiado rs.
Eu sinto muito todo o mistério mas foi por razões necessárias.
Eu te conto um dia amada.
Amei seu texto.Afinidade é tudo,o centro universal das almas.
Beijokas.

Zé Carlos disse...

Lindo seu poema querida.... vc está a menina mágica das letras e logo Glória do Goitá estará nos grandes Jornais do Brasil com esta escritora tão rica em inspiração.
Beijão minha linda, ZC

Shamara Paz, contra o Trabalho Infantil! disse...

Oi Professora Linda! Mas é CLARO que vou lhe reconhecer, e vou falar com a senhora!
Pode esperar!
Ah, excluir meu mural do blog sem querer... mas logo, logo vou resolver!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amiga.

Ler um texto publicado em seu blog,
é sempre motivo de alegria.

Deixei um comentário no próprio texto.

Que o amor tome conta de ti.

*Simone* disse...

Oi Zezinha!

Adorei o seu blog... muito bonito e cheio de alegria... parabéns!

Esse poema "Afinidade" é maravilhoso.

Bjos,

*Simone*

Tecelã do Tempo ( Resenha )

Fonte: blog Pedagoga Literária. https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/ Livro:  Tecelã do Tempo Autora:  Zezinha Lins Editora: ...