POEMA DA ROSA



(Jards Macalé e Bertold Brecht - sobre a tradução de Augusto Boal)

Há uma rosa linda
No meio do meu jardim
Dessa rosa cuida eu
Quem cuidará de mim?
De manhã desabrochou
À tarde foi escolhida
Pra de noite ser levada
De presente a minha amiga

Feliz de quem possui
Uma rosa em seu jardim
A minha amiga com certeza
Pensa agora só em mim
Quando sopra o vento frio
E o inverno gela o jardim
Eu tenho calor em casa
E fico quietinho assim

Feliz de quem tem o seu teto
Pra ajudar a sua amiga
A fugir do vento ruim
Que deixa gelado o jardim

Comentários

Zé Carlos disse…
Olá minha menina querida, estive meditando no seu poema postado e cheguei acho que à mesma conclusão que ti:

"Há uma rosa linda
No meio do meu jardim
Dessa rosa cuida eu
Quem cuidará de mim?

Não é sempre a mesma dúvida nossa dos 8 aos 80 anos?

Mas ainda bem que Deus cuida de nós nestas horas em que precisamos tanto de alguém que cuide de nós!!!

Um dia maravilhoso para vc querida, desejo do fundo do coração!!! teu amigo do peito, ZC
Amapola disse…
Boa tarde.
Muito obrigada.
Você cuida da rosa do seu jardim. Deus cuida de você e de toda a sua família...
Muita saúde e paz.

Deus a ilumine hoje e sempre.
ARFER disse…
Um jardim pode ter rosas
há rosas de muita cor
mas do que as rosas precisam
é que as tratem com AMOR.

ARFER

Voltarei

Postagens mais visitadas deste blog

Versos Improvisados

TUDO PASSA