quarta-feira, 6 de novembro de 2013

AUDÁCIAS DE UM BEIJA-FLOR




Audacioso um beija-flor voa feliz,
Acariciando e beijando uma formosa flor.
Paixão, desejos que são meus
Vem nas asas do sonho, pousar no teu amor
E cada pétala se abrirá para ti
Oh, meu querido, meu amado me faz sorrir...
Delírios de prazer me faz ouvir.

Mata tua sede, bebe o néctar que é só teu

Abraça-me
E nesta noite meu amor será só teu.
Zezinha Lins

MILAGRE

O homem humilde com sua enxada na mão

Plantando a semente, cuidando da terra,

Com seus pés raízes fincados no chão.

Trabalha, trabalha... Enxuga o suor...

Sua sina é aceita...  Sorri, assobia...

Esperando o dia da grande colheita.

Mal sabe este homem humilde e honesto

Que com o seu trabalho

O milagre da multiplicação também acontece,

E o Sol festejando vendo aquela imagem pura

Semelhança de Deus

Brilha e ilumina chamando a irmã chuva.

As mãos calejadas na cova enterra

Mais uma semente...

Semente que morrerá para então se transformar

No mais puro alimento.


Zezinha

PROCURA-SE


 
 
Procura-se um coração

Ele é grande, iluminado e sonhador

É alegre e sensível

Palpitante, cheio de vida,

De carinho e de amor

 

Certamente não se perdeu

Brinca de esconde-esconde

Deseja que alguém o encontre.

 

Quem sabe está disfarçado...

Numa linda flor do campo

Ou num alegre girassol?

Na simplicidade da margarida

Ou na sofisticação da rosa?

Nas asas da borboleta

Que acabou de sair do casulo,

Naquela nuvem branca  

Que mais parece algodão doce,

No sorriso de uma criança

Ou na meiguice do seu olhar?

Ou quem sabe ele se encontra

Disfarçado de luar?

Ou na explosão de desejos

No beijo apaixonado

De um casal de namorados?

 

Procura-se um coração.

Quem o encontrar será bem recompensado.

 

Zezinha Lins

 

 

 

 

 

 

Tecelã do Tempo ( Resenha )

Fonte: blog Pedagoga Literária. https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/ Livro:  Tecelã do Tempo Autora:  Zezinha Lins Editora: ...