segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MOMENTOS




Céu escuro...
Um Sol tímido aparece
Encoberto pela nuvens...
Cai a chuva...
Caem lágrimas.
Sinto a brisa,
Toca a pele e arrepia
Pensamentos voam
Sofrimento que virará  poesia
No final do dia.

Zezinha Sousa

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

VIDA



A noite chega, o dia nasce
A vida dói
O peito aperta
O sorriso sai
Mas não acontece
Os olhos não brilham
O tempo passa...
Muito tempo passa.

A noite chega, o dia não nasce
Nasce a revolta
A desordem
Vem de fora e se aloja no peito
Os olhos se fecham
O coração dói
Se desarruma,
Se espalha
Chora

A noite chega, o dia nasce
O sol veio pra brilher
Saindo apenas
Para dar lugar a Lua
Linda!!!! Iluminada!!!
O sorriso sai
O coração acalma
A paz se instala
O coração ama
E canta... Feliz!!!

Mas nada é duradouro....
A Lua tem suas fases...
Assim é a vida.


Zezinha Sousa


segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

ENCONTRO


Quando você me encontrar,
Não precisa falar nada.

Traz uma rosa nas mãos,
Oferece-me...

Olha no fundo dos meus olhos...
Faz um afago nos meus cabelos...

Eu tocarei o seu rosto
Com a ponta dos meus dedos,
Contornarei seus lábios.

E ali...

Parados...

Calados...

Chegaremos a uma simples conclusão:

A busca terminou.

© Zezinha Sousa
.

Tecelã do Tempo ( Resenha )

Fonte: blog Pedagoga Literária. https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/ Livro:  Tecelã do Tempo Autora:  Zezinha Lins Editora: ...