quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

ENCONTRO


Na noite escura,
Nas ruas escuras...
Ela caminha sem rumo...
O coração apertado...
As lágrimas turvam sua visão.
Nada  é nítido
Tudo embassado, sem luz
Foi assim que ele a encontrou.
Em silêncio, sem nada perguntar
Com um lenço branco
Suas lágrimas enxugou
Levantou seu rosto devagar
E suavemente... 
Ele a beijou.

Zezinha Sousa

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

É TARDE...


É dia...
Os pensamentos povoam a mente
Entre sombras e nuvens escuras
Que anunciam a tempestade
O coração fala mais alto
E o sol volta a brilhar

A esperança renasce
Dessa vez vai ser diferente
 Amar é uma necessidade vital
Nada mais importa

À tarde, a expectativa
Vai dar tudo certo
Um  sonho vai se realizar

À noite chega
E com ela a decepção
Não há tempo

É tarde demais...


Zezinha Sousa


Tecelã do Tempo ( Resenha )

Fonte: blog Pedagoga Literária. https://pedagogaliteraria.blogspot.com.br/ Livro:  Tecelã do Tempo Autora:  Zezinha Lins Editora: ...