sábado, 28 de agosto de 2010

PALAVRAS E PALAVRAS...


Palavras...
Com elas podemos construir um amor,
Mas também podemos destruir um coração.
Com elas podemos acariciar,
Mas também podemos machucar.
Com elas podemos fazer alguém sorrir,
Mas também fazemos alguém chorar.
Palavras são flores perfumadas...
Ou espinhos cruéis.
São toques suaves...
Ou flechas certeiras.
Alvo atingido é ferida aberta.
E as rosas brancas aos poucos
São tingidas de vermelho...
É sangue que mancha...
É sangue que brota...
São apenas palavras...
Palavras que matam.

Zezinha Sousa

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

MAIS UM PÁSSARO QUE VOA

MEUS FILHOS, MINHA VIDA


Cinco flores cândida


Enfeitam meu jardim

Sementes que germinaram dentro de mim

Uma a uma cresceram e de mim saíram para o mundo

Amor incondicional, intenso, imenso, incomparável

Único...

Cinco flores tão diferentes entre si

Tão perfeitas para mim

Todo zelo, todo carinho, todo amor

Que é possível alguém sentir,

Dedico aos meus amores-perfeitos

Meus filhos... Minha vida.

Mas o tempo passa, os filhos crescem

Criam asas, precisam voar...

O coração de mãe se agita, sofre, aceita, reza, espera...

Vez ou outra um a um, ao colo materno retorna

Um afago, um carinho, uma história pra contar

Um conselho, um abraço, um beijo

E o mesmo amor que permanece sempre igual

Amor incondicional, intenso, imenso, incomparável

Único...

Meus filhos... Minha vida.



Zezinha Sousa



quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A ROSA

Recebo

Olho

Pego

Com jeito

Cheiro

Sinto o perfume

A mim embriaga

Sorrio feliz



Recebo

Olho

Pego

Sem jeito

Espeto-me

Sinto a dor

Machuca-me

Choro triste

.....................

Volto ao primeiro ato...

Zezinha Sousa




domingo, 8 de agosto de 2010

HOMENAGEM AOS PAIS QUE SEGUEM OU VISITAM ESTE BLOG

ÉS PAI...


Pai de muitos filhos,

Pai de um filho só,

Pai do filho que acabou de nascer,

Pai do filho que ainda não nasceu...

Não importa,

És pai...

Aquele que serviu ou servirá de exemplo

De honestidade, e firmeza de caráter

De justiça e de bondade.

Ensinastes e ensinarás aos teus filhos,

Com palavra e atitudes

Que o amor também se expressa

No brilho dos olhos e nas palavras

Que nem sempre são ditas

Que é na alma que está a grandeza

Do homem sério e preocupado

Mas que olha a lua e as estrelas

E entrega nas mãos de Deus

Seu tesouro mais querido.


Zezinha Sousa



quinta-feira, 5 de agosto de 2010

SEJA FELIZ


Quero te sentir feliz

Como um menino pra quem o tempo não passou

E se passou, não tem importância

Pois o menino ficou.

Quero um sorriso aberto

Nos teus lábios sempre tão sérios.

Quero ver o brilho do Sol nos teus olhos cansados

Quero teu coração vibrando

Enamorado pela vida.

Quero tua alma leve como uma pluma solta ao vento

Quero tua alegria de volta

Inteira, completa,

Clara ou confusa

Com razão ou sem razão.

Deixa que a vida te aflore

Como se fosses uma semente

Que morre para brotar, crescer, florescer

Mas depois de um tempo

De mim não se esqueças

Algumas de tuas flores

Eu quero receber.


Zezinha Sousa





Poema sem registro

Numa folha de papel em branco Fiz de ti, poesia Versos concebidos em silêncio  Total ausência de grafia Segredos que não ouso ...